Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

Desinformação de classe

RCTV Internacional

 

Desde que a Comissão Nacional de Telecomunicações (CONATEL) da Venezuela decidiu suspender temporariamente seis canais por cabo, desencadeou-se uma campanha de intoxicação da opinião pública dentro e fora da Venezuela. A morte de dois estudantes é igualmente manipulada.

Ao contrário do que tem sido afirmado pelos meios de comunicação social dominantes- que fazem eco dos interesses do capital - o que está em causa não é a revogação da licença da Radio Caracas Televisión Internacional (RCTVI) por parte do regulador.
A RCTVI foi uma das poucas estações, num universo de 105, que não havia solicitado registo junto da CONATEL. Entretanto, as outras cinco visadas já o fizeram, isto é, optaram por ser canais internacionais e terão as respectivas emissões restabelecidas. Um proprietário de dois destes canais afirmou mesmo que a norma colmata um vazio legal.
Pelo contrário, a RCTVI, fazendo jus ao papel de promotora golpista (envolveu-se no golpe de Estado que em 2002 tentou derrubar o presidente Hugo Chávez e, recentemente, deu voz ao patrão dos patrões, Noel Álvarez, que afirmou que a solução para Chávez é militar), prefere o conflito, mesmo sabendo que 94 por cento dos seus conteúdos são nacionais e, por isso, tem de ser registada como canal nacional.
Ora a RCTVI não quer ser nacional porque, de acordo com as leis, seria obrigada a transmitir comunicações oficiais - e não apenas os discursos do presidente, como se afirma -, e teria de respeitar os limites publicitários e a regulamentação de elementos de linguajem, saúde, sexo, violência ou recomendação por faixa etária.
Em suma, a RCTVI não quer cumprir a legislação, ao contrário de mais de uma centena de outros canais e perto de 800 rádios de várias tendências políticas ou sem qualquer tendência particular.

Manipulação

A par da campanha mediática, desencadearam-se protestos na Venezuela. Disse-se que dois jovens foram mortos pelas autoridades, mas quem o afirmou mentiu. O que se passou não corresponde ao que tem sido propagandeado.
Primeiro, um dos estudantes assassinados era militante do partido de Chávez, e a polícia acompanhava a manifestação de apoio à suspensão da RCTVI para evitar confrontos entre os jovens e grupos armados que ali se encontravam, mas não conseguiu evitar a morte de Yorsinis Carrillo, de 16 anos, baleado por disparos provenientes dos arruaceiros.
Segundo, os estudantes da oposição marcharam sem constrangimentos até à estação pública VTV (que substitui a RCTVI em sinal aberto) e ali foram recebidos pelos responsáveis do canal, exortando, no fim do encontro, o diálogo apesar das diferenças de opinião.
Só muitas horas depois, Marcos Rosales, estudante oposicionista, foi assassinado por um grupo ainda não identificado, o qual surgiu organizado e transportado como os que, durante todo o dia, espalharam a violência disparando sobre estudantes e polícias. Mas tal também não é difundido.

 

Texto publicado no jornal Avante a 4 de Fevereiro de 2010.

 

Cartoon Televisão, Rogelio Naranjo

Cartoon de Rogelio Naranjo, Cagle Cartoons, El Universal, Cidade do México City

publicado por Alexandre Leite às 12:00
link do post | comentar | favorito
|

Informação Alternativa



Subscrever feeds

Sigam-nos no Facebook

Objectivos do Blogue

1) Apoiar a Revolução Venezuelana
2) Promover o carácter socialista da revolução
3) Combater a desinformação dos meios de comunicação capitalistas

Comentários recentes

A campanha Tirem As Mãos Da Venezuela voltou a est...
nice very thanks ver isto é bastant mt bom.. esse ...
A propósito da Venezuela, tivemos de fazer um tack...
É uma vergonha...Em Évora existe um call-center qu...
Este novo look é um espetáculo!
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
É assim dessa forma enérgica e sem papas na língua...

Pesquisar neste blog

 

Temas

todas as tags

Ligações

participar

participe neste blog

Venezuela:

Área Total - 916.445 km²
(quase 10 vezes a área de Portugal)

População - cerca de 28 milhões
(quase 3 vezes Portugal)

PIB per capita -11.388 dólares (2008)
(em Portugal é de 22000 dólares)

Inflação: 25,1% (acumulada 2009)

Taxa de Desemprego:
6,6% (acumulado 2009)
7,5% (Nov2009)
8,1% (Out2009)
8,4% (Set2009)
8% (Ago2009)
8,5% (Jul2009)


Salário Mínimo:
1200 bolívares (206 / 461 euros) - (Jan2010)
967,50 Bolívares (313 Euros) - (Dez2009)


Índice de Pobreza: 24% (55% em 2003)
Índice de Pobreza Extrema: 7% (25% em 2003)


Mortalidade Infantil: 13,7 por cada 1.000 nascimentos (em 1998 era 26)

Esperança média de vida - 74 anos (72 em 1998)