Quarta-feira, 17 de Março de 2010

1 - Educação para todos

As conquistas da Revolução Bolivariana e do seu projecto Socialista do Século XXI

O Governo de Hugo Chávez na Venezuela criou as chamadas “Missões Bolivarianas” a partir do ano 2003, para desenvolver estruturas paralelas ao Estado e os seus Ministérios, como executores de programas sociais. A razão para desenvolver programas sociais desta maneira é devida à pouca fiabilidade das estruturas estatais venezuelanas e para possibilitar uma maior participação à população venezuelana, que se envolve nas Missões através de movimentos sociais e comités criados para o efeito. As primeiras Missões a obter resultados notáveis foram as educativas, destinadas a permitir o acesso à educação a mais pessoas incluindo os que previamente tinham abandonado os estudos.
http://es.wikipedia.org/wiki/Misiones_bolivarianas

1.1. Missão Robinson 1

A Missão Robinson (a designação deve-se ao pseudónimo de um dos fundadores da Venezuela independente) é a missão de alfabetização venezuelana que graduou mais 1,6 milhões de venezuelanos como alfabetizados. Esta missão foi elogiada e observada pela UNESCO (organismo para a educação e cultura da Organização das Nações Unidas).
http://www.rnv.gov.ve/noticias/?act=ST&f=20&t=39411

1.2. Missão Robinson 2

A Missão Robinson 2 é dedicada a graduar venezuelanos em Educação Primária (semelhante à nossa 4ª classe) completando a missão alfabetizadora do mesmo nome, por isso é especialmente utilizada por aqueles que se tinham alfabetizado na Missão Robinson 1.

1.3. Missão Ribas

A Missão Ribas gradua venezuelanos no Ensino Secundário (semelhante ao nosso 12º ano). O nome Ribas alude a um herói da independência venezuelana.

1.4. Missão Sucre

A Missão Sucre gradua venezuelanos no Ensino Superior, portanto dá acesso a licenciaturas. Sucre é um dos personagens da independência venezuelana e um braço direito do pai da independência Simon Bolívar.

1.5. Missão Che Guevara

A Missão Che Guevara (com o nome do famoso guerrilheiro) é especialmente dedicada a formar venezuelanos profissionalmente para que estes depois formem grupos que formarão cooperativas, com acesso a microcrédito com um juro muito favorável, com o objectivo de combater o desemprego na Venezuela.
http://www.misioncheguevara.gob.ve/contenido.php?id=219

1.6. Missão Cultura

A Missão Cultura é especialmente dedicada a promover a cultura de raízes venezuelanas, formando artistas e apoiando grupos culturais para o efeito.
http://db.paginasamarillascantv.com.ve/guiadetalle.jsp?id=165132&pSum=34&pCat=15

1.7. Resultados

Os resultados destas missões estão à vista nos gráficos seguintes (informações de fontes governamentais da Venezuela e também da UNESCO). Num país de cerca de 26 milhões de habitantes, quase 5 milhões de venezuelanos aproveitaram as missões educativas gratuitas e especialmente pensadas para pessoas carenciadas - que se acrescentam ao sistema de ensino público já existente e ao privado – para se formar em algum nível educativo e de formação profissional.


Figura 1 - 3.461.992 venezuelanos formaram-se em missões educativas (dados de 2008)

À uns anos por exemplo, li uma notícia da imprensa venezuelana, que dizia que metade da população venezuelana estava a estudar naquele momento em algum nível educativo.


Figura 2 - 1.432.7368 venezuelanos estão a estudar em missões educativas (dados de 2008)

É preciso ter em mente que todas estas missões educativas são acrescentos às escolas, universidades e institutos de formação públicos já existentes, ou seja, trata-se de alunos e formandos adicionais. Para explicar isto melhor chamo a atenção para os gráficos que se seguem que mostram o crescimento de estudantes universitários na Venezuela.


Figura 3 - Existem mais 1,4 milhões de estudantes universitários Ensino Superior do que antes da eleição de Chávez (dados de 2008)


Figura 4 – Crescimento do número de licenciados anuais na Venezuela (dados de 2008)


Figura 5 - Crescimento de estudantes universitários por cada mil habitantes na Venezuela (dados de 2009)

Na educção primária (na Venezuela utiliza-se o termo “educação básica”) a taxa de escolaridade tem excedido desde a chegada ao poder de Chávez os 100% devido à inclusão de pessoas mais velhas no sistema de ensino por via do programa de alfabetização (a alfabetização é um primeiro passo para a conclusão da 4ª classe, ou seja, do ensino primário).


Figura 6 - Crescimento de estudantes do ensino primário na Venezuela (dados de 2009)

Com o desenvolvimento do Programa de Alimentação Escolar, ver figura abaixo, cresceram muito o número de cantinas escolares, todas elas com alimentação gratuita.


Figura 7 - Crescimento do Programa de Alimentação Escolar (PAE) para o ensino primário (dados de 2009)

Também cresceu muito o número de cresces públicas como se pode ver pelo aumento da taxa de escolaridade pre-escolar das crianças venezuelanas, como se assinala no gráfico abaixo.


Figura 8 - Taxa de educação pre-escolar (dados de 2009)


Figura 9 - A Venezuela é o quinto país do mundo com mais estudantes universitários por cada mil habitantes segundo a UNESCO (dados de 2009)

publicado por Rojo às 10:08
link do post | comentar | favorito
|

Informação Alternativa



Subscrever feeds

Sigam-nos no Facebook

Objectivos do Blogue

1) Apoiar a Revolução Venezuelana
2) Promover o carácter socialista da revolução
3) Combater a desinformação dos meios de comunicação capitalistas

Comentários recentes

A campanha Tirem As Mãos Da Venezuela voltou a est...
nice very thanks ver isto é bastant mt bom.. esse ...
A propósito da Venezuela, tivemos de fazer um tack...
É uma vergonha...Em Évora existe um call-center qu...
Este novo look é um espetáculo!
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
É assim dessa forma enérgica e sem papas na língua...

Pesquisar neste blog

 

Temas

todas as tags

Ligações

participar

participe neste blog

Venezuela:

Área Total - 916.445 km²
(quase 10 vezes a área de Portugal)

População - cerca de 28 milhões
(quase 3 vezes Portugal)

PIB per capita -11.388 dólares (2008)
(em Portugal é de 22000 dólares)

Inflação: 25,1% (acumulada 2009)

Taxa de Desemprego:
6,6% (acumulado 2009)
7,5% (Nov2009)
8,1% (Out2009)
8,4% (Set2009)
8% (Ago2009)
8,5% (Jul2009)


Salário Mínimo:
1200 bolívares (206 / 461 euros) - (Jan2010)
967,50 Bolívares (313 Euros) - (Dez2009)


Índice de Pobreza: 24% (55% em 2003)
Índice de Pobreza Extrema: 7% (25% em 2003)


Mortalidade Infantil: 13,7 por cada 1.000 nascimentos (em 1998 era 26)

Esperança média de vida - 74 anos (72 em 1998)