Segunda-feira, 16 de Março de 2009

A esquerda chega ao governo em El Salvador: viva a FMLN!

Para quem costuma dizer que a luta guerrilheira na América Latina não deu frutos, excepto em casos isolados (Cuba e Nicarágua), os factos recentes tem vindo a provar o contrário. Desta vez foi a antiga guerrilha savadorenha (de El Salvador, na América Central), a Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FMLN), que subiu ao poder pelos votos, recorde-se que também há ex-guerrilhas e ex-guerrilheiros em governos como os do Uruguai, o vice-presidente da Bolívia, vários ministros da Venezuela e alguns ministros do do governo brasileiro.

 

A Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional é produto da fusão das guerrilhas salvadorenhas durante a luta contra governos ditatoriais da oligarquia salvadorenha nos anos 80. A sua base ideológica sempre foi o marxismo-leninismo se bem que enriquecido por diferentes correntes convergentes na ideologia comunista. O seu líder histórico foi Schafik Handal, originário do Partido Comunista Salvadorenho que se fundiu com a FMLN. Schafik foi líder da FMLN até Janeiro de 2006, afirmando sempre os princípios marxistas e leninistas na sua liderança. Pelo que se pode afirmar que a FMLN continua em grande parte fiel a esses princípios comunistas.

 

Mauricio Funes é eleito presidente de El Salvador pela pela FMLN (com 51% dos votos)

Fonte: Aporrea

 

Contudo o candidato da FMLN nestas eleições presidenciais de 2009 (no último domingo 14 de Março) era um jornalista televisivo, conotado com a esquerda (o que é muitíssimo raro), chamado Mauricio Funes. No entanto Funes não é um comunista nem um revolucionário e o seu discurso de vitória é disso bem demonstrativo quando fala em reconciliação e não em enfrentar a oligarquia salvadorenha. O novo presidente Mauricio Funes é um reformista que não colocará em causa o capitalismo, mas apesar disso ele poderá ser empurrado para a esquerda quer pela FMLN - e especialmente - quer pelas massas populares. Em todo o caso trata-se de uma viragem extraordinária à esquerda de El Salvador, país muito pobre habituado a governos de direita ultra-reaccionária ou ditaduras fascistas. O FMLN já tinha acordos com a ALBA (Alternativa Bolivariana para os Povos das Américas) - frente política e económica liderada pela Venezuela - a nível regional que deveram ser alargados agora a nível nacional. Também significativo é que agora todos os governos de direita pura (os reaças) foram varridos da América Central à excepção do México e agora no poder estão apenas governos de esquerda ou de centro-esquerda (Nicarágua, El Salvador, Honduras e Guatemala).

 

Resta dizer que nesta hora de alegria do povo salvadorenho não esquecemos o Monsenhor Oscar Romero, o bispo dos pobres e da Teologia da Libertação que esteve sempre ao lado do povo contra a oligarquia e pagou com a vida essa ousadia. Esta vitória também é tua Monsenhor e de todos os mártires que caíram a lutar contra a Ditadura Oligárquica às ordens do Imperialismo norte-americano que devastou El Salvador durante décadas.

 

Presidente de El Salvador desde 2009

Mauricio Funes

 

 

Como canta Alí Primera, chegou a hora do povo salvadorenho construir um futuro melhor, em baixo fica o video e a letra de Alí Primera cantando "El Sombrero Azul", num Festival de Solidariedade com os Sandinistas nos anos 80. Esta música é dedicada à guerrilha FMLN e ao povo salvadorenho construindo juntos um El Salvador mais justo e mais livre do capitalismo e do imperialismo.

El pueblo salvadoreño

tiene el cielo por sombrero

tan alta es su dignidad

en la búsqueda del tiempo

en que florezca la tierra

por los que han ido cayendo

y que venga la alegría

a lavar el sufrimiento

 

Dale que la marcha es lenta

pero sigue siendo marcha

dale que empujando al sol

se acerca la madrugada

dale que la lucha tuya

es pura como una muchacha

cuando se entrega al amor

con el alma liberada

 

Dale salvadoreño, dale

que no hay pájaro pequeño, dale

que después de alzar el vuelo, dale

se dentenga en su volar (bis)

 

Al verde que yo le canto

es el color de tus maizales

no al verde de las boinas

de matanzas tropicales

las que fueron al Vietnam

a quemar los arrozales

y andan por estas tierras

como andar por sus corrales

dale salvadoreño...

 

Hermano salvadoreño

viva tu sombrero azul

dale que tu limpia sangre

germinará sobre el mar

y será una enorme rosa

de amor por la humanidad

hermano salvadoreño

viva tu sombrero azul

 

Tendrán que llenar al mundo

con masacres de Sumpul

para quitarte las ganas

del amor que tienes tú

 

Dale salvadoreño...

 

 

A vitória de Funes pela Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FMLN) junta-se aos governos de esquerda da América Latina, agrupados directa ou indirectamente na ALBA (Alternativa Bolivariana para a América Latina e Caraíbas), que já lá estavam:

 


Presidente da Venezuela desde 1998

Hugo Chávez

 

Presidente da Bolívia desde 2005

Evo Morales

 

Presidente do Equador desde 2007

Rafael Correa

 

Presidente da Nicarágua desde 2007

Daniel Ortega (ao centro da foto)

 


Presidente do Conselho de Estado de Cuba desde 2008

Raul Castro (ao centro da foto, com Che e com Fidel)

 

Outros aliados:

 


Primeiro-ministro de Dominica desde 2004

Roosevelt Skerrit (curiosamente é o mais jovem chefe de estado do mundo com 36 anos)

 


Presidente das Honduras desde 2005

Manuel Zelaya

publicado por Rojo às 12:47
link do post | comentar | favorito
|

Informação Alternativa



Subscrever feeds

Sigam-nos no Facebook

Objectivos do Blogue

1) Apoiar a Revolução Venezuelana
2) Promover o carácter socialista da revolução
3) Combater a desinformação dos meios de comunicação capitalistas

Comentários recentes

A campanha Tirem As Mãos Da Venezuela voltou a est...
nice very thanks ver isto é bastant mt bom.. esse ...
A propósito da Venezuela, tivemos de fazer um tack...
É uma vergonha...Em Évora existe um call-center qu...
Este novo look é um espetáculo!
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
É assim dessa forma enérgica e sem papas na língua...

Pesquisar neste blog

 

Temas

todas as tags

Ligações

participar

participe neste blog

Venezuela:

Área Total - 916.445 km²
(quase 10 vezes a área de Portugal)

População - cerca de 28 milhões
(quase 3 vezes Portugal)

PIB per capita -11.388 dólares (2008)
(em Portugal é de 22000 dólares)

Inflação: 25,1% (acumulada 2009)

Taxa de Desemprego:
6,6% (acumulado 2009)
7,5% (Nov2009)
8,1% (Out2009)
8,4% (Set2009)
8% (Ago2009)
8,5% (Jul2009)


Salário Mínimo:
1200 bolívares (206 / 461 euros) - (Jan2010)
967,50 Bolívares (313 Euros) - (Dez2009)


Índice de Pobreza: 24% (55% em 2003)
Índice de Pobreza Extrema: 7% (25% em 2003)


Mortalidade Infantil: 13,7 por cada 1.000 nascimentos (em 1998 era 26)

Esperança média de vida - 74 anos (72 em 1998)