Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

Galiza com Cuba: crónica e imagens da jornada anti-imperialista em Compostela

Domingo, 18 Abril 2010 16:54

DL - Oferecemos a seguir umha selecçom de imagens da manifestaçom que hoje percorreu nas ruas da Capital da Galiza, em solidariedade com a Revoluçom Cubana.

Por volta de um milhar de galegos e galegas saírom às ruas de Compostela para denunciar a campanha internacional do imperialismo contra Cuba. O Diário Liberdade estivo nas ruas compostelanas para informar pontualmente do desenvolvimento da mobilizaçom, na nossa primeira experiência de acampanhamento informativo ao vivo.

Sabemos que os media da burguesia darám a mínima informaçom sobre a iniciativa popular de hoje na Galiza. Por isso nós queremos dar o máximo de informaçom. Tiramos fotografias e agora oferecemos umha selecçom de imagens da jornada solidária e anti-imperialista galega.

Reproduzimos também abaixo a crónica da jornada publicada conjuntamente no site de Kaos en la Red para a comunidade internacional de fala hispana e no DL para o ámbito internacional lusófono:

 

Um milhar de galegos e galegas manifestam-se em defesa da Revoluçom Cubana

Passadas as 12:30 deste domingo, por volta das 1.000 pessoas saírom às ruas de Compostela em solidariedade com Cuba

Obama, atende: Cuba nom se vende! foi a palavra de ordem que melhor sintetizou o sentir das manifestantes hoje na capital da Galiza. Convocadas pola Associaçom de Amizade Galego-Cubana Francisco Vilhamil, as ruas de Compostela fôrom um clamor em apoioi de Cuba e contra a "farsa informativa" que imponhem os meios da burguesia e do imperialismo.

A manifestaçom partiu da Alameda compostelana em direcçom à praça da Galiza, numha colorida coluna de bandeiras comunistas, da Galiza e de Cuba. Entre as palavras de ordem mais seguidas, "Cuba socialista, Galiza também!", "Televisom, manipulaçom!" e "Raul, seguro, ao ianque dá-lhe duro!".

Na faixa principal, representantes das entidades que apoiavam, entre elas a CIG, IU, NÓS-UP, CUT, a AGARB, o PCPG. Mais atrás, faixas pedindo a liberdade dos cinco cubanos injustamente presos nos EUA e muitas outras de entidades participantes: Movimento Continental Bolivariano (Capítulo Galiza), Galiza Nova, AGARB, IU, PCPE, CUT, Isca!, Brigada Galega Fuco Gomes, PCG, Esquerda Anticapitalista...

Chegando à praça da Galiza, espectacular despregamento de umha faixa do alto de um edifício, agradecendo a Cuba os 50 anos de sonhos e esperanças, agradecimento assinado polo Capítulo Galego da CCB. Aplausos, cantos revolucionários, música rítmica de charanga durante todo o percurso com ambiente festivo e reivindicativo.

Desta vez, a discreta presença policial nom incomodou as pessoas que se manifestavam em defesa da Revoluçom Cubana. A marcha concluiu na praça do Toural, onde membros da associaçom convocante lêrom o manifesto e lembrárom que, lamentando a morte de um cubano em greve de fame, no Estado espanhol tenhem morrido vários presos políticos e só merecêrom um tratamento de desprezo por parte dos mesmos meios de comunicaçom que agora agitam e manipulam contra Cuba.

O canto do Hino Nacional Galego e os gritos pola independência nacional fundírom-se com os de solidariedade com o povo cubano numha jornada histórica de activo internacionalismo galego.

A luita continua.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Diário Liberdade (Galiza)

publicado por Rojo às 17:06
link do post | comentar | favorito
|

Informação Alternativa



Subscrever feeds

Sigam-nos no Facebook

Objectivos do Blogue

1) Apoiar a Revolução Venezuelana
2) Promover o carácter socialista da revolução
3) Combater a desinformação dos meios de comunicação capitalistas

Comentários recentes

A campanha Tirem As Mãos Da Venezuela voltou a est...
nice very thanks ver isto é bastant mt bom.. esse ...
A propósito da Venezuela, tivemos de fazer um tack...
É uma vergonha...Em Évora existe um call-center qu...
Este novo look é um espetáculo!
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
É assim dessa forma enérgica e sem papas na língua...

Pesquisar neste blog

 

Temas

todas as tags

Ligações

participar

participe neste blog

Venezuela:

Área Total - 916.445 km²
(quase 10 vezes a área de Portugal)

População - cerca de 28 milhões
(quase 3 vezes Portugal)

PIB per capita -11.388 dólares (2008)
(em Portugal é de 22000 dólares)

Inflação: 25,1% (acumulada 2009)

Taxa de Desemprego:
6,6% (acumulado 2009)
7,5% (Nov2009)
8,1% (Out2009)
8,4% (Set2009)
8% (Ago2009)
8,5% (Jul2009)


Salário Mínimo:
1200 bolívares (206 / 461 euros) - (Jan2010)
967,50 Bolívares (313 Euros) - (Dez2009)


Índice de Pobreza: 24% (55% em 2003)
Índice de Pobreza Extrema: 7% (25% em 2003)


Mortalidade Infantil: 13,7 por cada 1.000 nascimentos (em 1998 era 26)

Esperança média de vida - 74 anos (72 em 1998)