Sábado, 9 de Maio de 2009

A Crise do Capitalismo na Europa, Ontem e hoje

Há uns meses atrás o jornal alemão Der Spiegel dava este quadro económico na Europa:

 

 

Agora os burocratas da União Europeia são forçados a admitir um cenário bem pior:

 

Crescimento do PIB (ou Decrescimento) e Taxa de Desemprego na Europa

 

Na Península Ibérica

Em Portugal o Crescimento do PIB foi de: 1,9% em 2007, 0,0% em 2008, -3,7% em 2009, -0,8% em 2010.

Em Portugal a Taxa de Desemprego foi de: 8,1% em 2007, 7,7% em2008, 9,1% em 2009, 9,8% em 2010.

 

Em Espanha o Crescimento do PIB foi de: 3,7% em 2007, 1,2% em 2008, -3,2% em 2009, -1,0% em 2010.

Em Espanha a Taxa de Desemprego foi de: 8,3% em 2007, 11,3% em 2008,17,3% em 2009, 20,5% em 2010.

 

Nas Ilhas Britânicas e na Irlanda

No Reino Unido: 3,0% em 2007, 0,7% em 2008, -3,8% em 2009, 0,1% em 2010.

No Reino Unido: 5,3% em 2007, 5,6% em 2008, 8,2% em 2009, 9,4% em 2010.

 

Na Irlanda: 6,0% em 2007, -2,3% em 2008, -9,0% em 2009, -2,6% em 2010.

Na Irlanda: 4,6% em 2007, 6,3% em 2008, 13,3% em 2009, 16,0% em 2010.

 

Nos Países Bálticos

Na Estónia: 6,3% em 2007, -3,6% em 2008, -10,3% em 2009, -0,8% em 2010.

Na Estónia: 4,7% em 2007, 5,5% em 2008, 11,3% em 2009, 14,1% em 2010.

 

Na Letónia: 10,0% em 2007, -4,6% em 2008, -13,1% em 2009, -3,2% em 2010.

Na Letónia: 6,0% em 2007, 7,5% em 2008, 15,7% em 2009, 16,0% em 2010.

 

Na Lituânia: 8,9% em 2007, 3,0% em 2008, -11,0% em 2009, -4,7% em 2010.

Na Lituânia: 4,3% em 2007, 5,8% em 2008, 13,8% em 2009, 15,9% em 2010.

 

Nos Países de Leste

Na Polónia: 6,6% em 2007, 4,8% em 2008, -1,4% em 2009, 0,8% em 2010.

Na Polónia: 9,6% em 2007, 7,1% em 2008, 9,9% em 2009, 12,1% em 2010.

 

Na República Checa: 6,0% em 2007, 3,2% em 2008, -2,7% em 2009, 0,3% em 2010.

Na República Checa: 5,3% em 2007, 4,4% em 2008, 6,1% em 2009, 7,4% em 2010.

 

Na Eslováquia: 10,4% em 2007, 6,4% em 2008, -2,6% em 2009, 0,7% em 2010.

Na Eslováquia: 11,1% em 2007, 9,5% em 2008, 12,0% em 2009, 12,1% em 2010.

 

Na Hungria: 1,1% em 2007, 0,5% em 2008, -6,3% em 2009, -0,3% em 2010.

Na Hungria: 7,4% em 2007, 7,8% em 2008, 9,5% em 2009, 11,2% em 2010.

 

Na Roménia: 6,2% em 2007, 7,1% em 2008, -4,0% em 2009, 0.0% em 2010.

Na Roménia: 6,4% em 2007, 5,8% em 2008, 8,0% em 2009, 7,7% em 2010.

 

Na Bulgária: 6,2% em 2007, 6,0% em 2008, -1,6% em 2009, -0,1% em 2010.

Na Bulgária: 6,9% em 2007, 5,6% em 2008, 7,3% em 2009, 7,8% em 2010.

 

Na Eslovénia: 6,8% em 2007, 3,5% em 2008, -3,4% em 2009, 0,7% em 2010.

Na Eslovénia: 4,9% em 2007, 4,4% em 2008, 6,6% em 2009, 7,4% em 2010.

 

Nos Países Nórdicos

Na Finlândia: 4,2% em 2007, 0,9% em 2008, -4,7% em 2009, 0,2% em 2010.

Na Finlândia: 6,9% em 2007, 6,4% em 2008, 8,9% em 2009, 9,3% em 2010.

 

Na Suécia: 2,6% em 2007, -0,2% em 2008, -4,0% em 2009, 0,8% em 2010.

Na Suécia: 6,1% em 2007, 6,2% em 2008, 8,4% em 2009, 10,4% em 2010.

 

Na Dinamarca: 1,6% em 2007, -1,1% em 2008, -3,3% em 2009, 0,3% em 2010.

Na Dinamarca: 3,8% em 2007, 3,3% em 2008, 5,2% em 2009, 6,6% em 2010.

 

Nos Países Centrais

Na Alemanha: 2,5% em 2007, 1,3% em 2008, -5,4% em 2009, 0,3% em 2010.

Na Alemanha: 8,4% em 2007, 7,3% em 2008, 8,6% em 2009, 10,4% em 2010.

 

Na França: 2,2% em 2007, 0,7% em 2008, -3,0% em 2009, -0,2% em 2010.

Na França: 8,3% em 2007, 7,8% em 2008, 9,6% em 2009, 10,7% em 2010.

 

Na Áustria: 3,1% em 2007, 1,8% em 2008, -4,0% em 2009, -0,1% em 2010.

Na Áustria: 4,4% em 2007, 3,8% em 2008, 6,0% em 2009, 7,1% em 2010.

 

Na Holanda: 3,5% em 2007, 2,1% em 2008, -3,5% em 2009, -0,4% em 2010.

Na Holanda: 3,2% em 2007, 2,8% em 2008, 3,9% em 2009, 6,2% em 2010.

 

Na Bélgica: 2,8% em 2007, 1,2% em 2008, -3,5% em 2009, -0,2% em 2010.

Na Bélgica: 7,5% em 2007, 7,0% em 2008, 8,5% em 2009, 10,3% em 2010.

 

No Luxemburgo: 5,2% em 2007, -0,9% em 2008, -3,0% em 2009, 0,1% em 2010.

No Luxemburgo: 4,2% em 2007, 4,9% em 2008, 5,9% em 2009, 7,0% em 2010.

 

Nos Países do Mediterrâneo

Na Itália: 1,6% em 2007, -1,0% em 2008, -4,4% em 2009, 0,1% em 2010.

Na Itália: 6,1% em 2007, 6,8% em 2008, 8,8% em 2009, 9,4% em 2010.

 

Na Grécia: 4,0% em 2007, 2,9% em 2008, -0,9% em 2009, 0,1% em 2010.

Na Grécia: 8,3% em 2007, 7,7% em 2008, 9,1% em 2009, 9,7% em 2010.

 

No Chipre: 4,4% em 2007, 3,7% em 2008, 0,3% em 2009, 0,7% em 2010.

No Chipre: 4,0% em 2007, 3,8% em 2008, 4,7% em 2009, 6,0% em 2010.

 

Em Malta: 3,6% em 2007, 1,6% em 2008, -0,9% em 2009, 0,2% em 2010.

Em Malta: 6,4% em 2007, 5,9% em 2008, 7,1% em 2009, 7,6% em 2010.

Temas:
publicado por Rojo às 10:16
link do post | comentar | favorito
|

Informação Alternativa



Subscrever feeds

Sigam-nos no Facebook

Objectivos do Blogue

1) Apoiar a Revolução Venezuelana
2) Promover o carácter socialista da revolução
3) Combater a desinformação dos meios de comunicação capitalistas

Comentários recentes

A campanha Tirem As Mãos Da Venezuela voltou a est...
nice very thanks ver isto é bastant mt bom.. esse ...
A propósito da Venezuela, tivemos de fazer um tack...
É uma vergonha...Em Évora existe um call-center qu...
Este novo look é um espetáculo!
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
É assim dessa forma enérgica e sem papas na língua...

Pesquisar neste blog

 

Temas

todas as tags

Ligações

participar

participe neste blog

Venezuela:

Área Total - 916.445 km²
(quase 10 vezes a área de Portugal)

População - cerca de 28 milhões
(quase 3 vezes Portugal)

PIB per capita -11.388 dólares (2008)
(em Portugal é de 22000 dólares)

Inflação: 25,1% (acumulada 2009)

Taxa de Desemprego:
6,6% (acumulado 2009)
7,5% (Nov2009)
8,1% (Out2009)
8,4% (Set2009)
8% (Ago2009)
8,5% (Jul2009)


Salário Mínimo:
1200 bolívares (206 / 461 euros) - (Jan2010)
967,50 Bolívares (313 Euros) - (Dez2009)


Índice de Pobreza: 24% (55% em 2003)
Índice de Pobreza Extrema: 7% (25% em 2003)


Mortalidade Infantil: 13,7 por cada 1.000 nascimentos (em 1998 era 26)

Esperança média de vida - 74 anos (72 em 1998)