Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

2º Encontro Latino-Americano de Empresas Recuperadas pelos Trabalhadores

Por Movimento das Fábricas Ocupadas, 7 de Maio de 2009

Convocatória do Encontro que se realizará em Caracas, Venezuela, nos dias 26, 27 e 28 de Junho de 2009.

Na América Latina a resistência contra a destruição da indústria e em defesa dos empregos assumiu diferentes formas. A crítica e seus questionamentos formam parte da discussão do movimento operário e foram os objetos do debate do 1º Encontro Latino-Americano de Empresas Recuperadas, realizado na Venezuela no dia 29 de outubro de 2005. Dizíamos: “Eles fecham, nós abrimos as fábricas. Eles roubam as terras e nós ocupamos. Eles fazem guerras e destroem nações, nós defendemos a paz e a integração soberana dos povos. Eles dividem e nós unimos. Porque somos a classe trabalhadora. Porque somos o presente e o futuro da humanidade”.

Hoje, mais ainda do que em 2005, a situação dos povos da América Latina nos impõe com mais força a necessidade de seguir construindo e aprofundando essa unidade. Não é nenhum presente a conjuntura política atual em nosso continente. São anos de levantes, resistências, projetos e de muito trabalho por parte dos trabalhadores para construir esta oportunidade histórica.

Nosso movimento é anti-imperialista, anti-capitalista. É um grito e um movimento organizado da classe trabalhadora contra o regime de propriedade privada dos grandes meios de produção, que somente pode sobreviver fazendo guerras, explorando e oprimindo os povos.

Sabemos que sempre existiram matizes na nossa América, e muitos governos atuais não são representantes de nossos interesses, mas se apresenta uma conjuntura favorável para construir propostas, debater e colocar a marca dos trabalhadores nos assuntos que nos dizem respeito.

Claro que não será fácil. Vimos, na Bolívia, como reagiram as classes dominantes ante a nacionalização dos recursos, ante o exercício da soberania. Na Venezuela, que com seu avanço revolucionário na educação, na saúde, no campo, não deixa de incomodar a quem sempre viveu a custa do povo e de seus recursos. E assim, seguem produzindo mentiras através de seus meios, medo, fome. Mas apesar disso nem o povo venezuelano nem o povo boliviano se enganaram, e reelegeram Chávez e Evo. Assim como Correa no Equador, e, recentemente, no Paraguai, com a eleição de Lugo pelo povo.

Convocamos todas as empresas recuperadas por seus trabalhadores e as organizações sociais em luta para o “2º Encontro Latino Americano de Empresas Recuperadas pelos Trabalhadores”, unindo as lutas de nosso setor com o restante da classe trabalhadora e em apoio à luta pelo socialismo que vem sendo realizada pelo povo boliviano e venezuelano apoiados pelos trabalhadores de toda a América Latina.

Convocamos todos a se somarem aos nossos esforços e nos reunirmos nos dias 25, 26 e 27 de Junho de 2009, em Caracas, Venezuela.


Viva a luta dos trabalhadores das empresas recuperadas!
Viva a luta da classe trabalhadora!
Viva a revolução venezuelana!
Viva a revolução boliviana!
Venceremos!


Contato: fabricasocupadas@terra.com.br This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

Convocam:

    * Comissão Organizadora do “1º Encontro Latino-Americano de Fábricas Recuperadas por Trabalhadores”, Caracas/2005 (Serge Goulart, Brasil: sergegoulart@marxismo.org.br This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ; Eduardo Murua, Argentina: vascoeduardo@yahoo.com.ar This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ; Liliana Pertuy, Uruguai: lpertuy@yahoo.com.ar This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )
    * Frente Revolucionária de Trabalhadores de Empresas em Cogestão e Ocupadas - FRETECO, Venezuela ( pacor5876@gmail.com This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )
    * Central Obrera Boliviana - COB
    * Federação Sindical dos Trabalhadores Mineiros da Bolívia - FSTMB ( fstmb@hotmail.com This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )
    * Movimento Nacional de Empresas Recuperadas - MNER, Argentina ( ocuparresistirproducir@yahoo.com.ar This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )
    * Associação Nacional de Trabalhadores Autogestionados - ANTA\CTA, Argentina ( barriosmario_ust@speedy.com.ar This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )
    * Central Unitária dos Trabalhadores (CUT-Autêntica), Paraguai ( cutautentica@hotmail.com This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )
    * Coordenação de Empresas Recuperadas por Trabalhadores, Paraguai
    * Movimento das Fábricas Ocupadas, Brasil ( fabricasocupadas@terra.com.br This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it )

Convite para os trabalhadores do setor automobilístico da América Latina para participar do Segundo Encontro Latinoamericano de Fábricas Recuperadas

 

Download PDF

Source: Movimento das Fábricas Ocupadas

publicado por Rojo às 00:10
link do post | comentar | favorito
|

Informação Alternativa



Subscrever feeds

Sigam-nos no Facebook

Objectivos do Blogue

1) Apoiar a Revolução Venezuelana
2) Promover o carácter socialista da revolução
3) Combater a desinformação dos meios de comunicação capitalistas

Comentários recentes

A campanha Tirem As Mãos Da Venezuela voltou a est...
nice very thanks ver isto é bastant mt bom.. esse ...
A propósito da Venezuela, tivemos de fazer um tack...
É uma vergonha...Em Évora existe um call-center qu...
Este novo look é um espetáculo!
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
É assim dessa forma enérgica e sem papas na língua...

Pesquisar neste blog

 

Temas

todas as tags

Ligações

participar

participe neste blog

Venezuela:

Área Total - 916.445 km²
(quase 10 vezes a área de Portugal)

População - cerca de 28 milhões
(quase 3 vezes Portugal)

PIB per capita -11.388 dólares (2008)
(em Portugal é de 22000 dólares)

Inflação: 25,1% (acumulada 2009)

Taxa de Desemprego:
6,6% (acumulado 2009)
7,5% (Nov2009)
8,1% (Out2009)
8,4% (Set2009)
8% (Ago2009)
8,5% (Jul2009)


Salário Mínimo:
1200 bolívares (206 / 461 euros) - (Jan2010)
967,50 Bolívares (313 Euros) - (Dez2009)


Índice de Pobreza: 24% (55% em 2003)
Índice de Pobreza Extrema: 7% (25% em 2003)


Mortalidade Infantil: 13,7 por cada 1.000 nascimentos (em 1998 era 26)

Esperança média de vida - 74 anos (72 em 1998)